Tel: (11) 99878-0284

  • Facebook Social Icon
  • LinkedIn Social Icon
  • Instagram Social Icon

© 2017 por Ana Paula Tavares Leonel.

Blog

Em primeiro lugar, pergunto a você: você quer mesmo um emprego/esse emprego? Eu pergunto isso porque tenho uma amiga que queria muito um emprego, mas não encontrava nada. Naquela época em que ela estava desempregada, ela estava namorando um homem aposentado, e estando os dois livres, eles iam ao cinema à tarde, faziam pequenas idas à praia durante a semana, ficavam muito tempo juntos. Com o tempo ela percebeu que, no fundo, ela não queria voltar a trabalhar, queria continuar passando o maior tempo possível com o namorado, e que ela estava se boicotando. Portanto, uma coisa é o que você quer da boca para fora, e outra, dentro do coração.

Em segundo lugar, faça tudo o que estiver ao seu alcance e tudo o que surgir na sua mente, pois a pior tentativa, é aquela que não foi feita. Não sou eu quem vai dizer a você o que fazer, mas posso dar algumas pequenas dicas que podem te ajudar:

  • envie e cadastre o seu currículo em todas as empresas de seu interesse, mesmo que não tenha sido anunciada...

"Namoro há quase 3 anos e meu namorado não elogia, não fala que gosta de mim e quando indago ele diz que está tentando melhorar ou tem outras prioridades, como concurso. Ando triste. Pelos atos ele gosta de mim, mas falta palavras de carinho no nosso relacionamento. Sinto que isso está nos atrapalhando. O que recomenda?"

Muitas vezes queremos que uma pessoa seja o que nós esperamos, ao invés de amá-la pelo que ela é. Existem pessoas que amam, principalmente os homens, mas não se lembram de datas, não se preocupam em dar presentes, etc., mas isso não significa que não amem. Às vezes o nosso foco em uma pessoa é maior do que o foco dela em nós (como foi dito na pergunta, o namorado também está focado em outras prioridades, como um concurso), e isso também não significa que não nos ame. Uma coisa que eu acho muito importante são as ações, mais do que as palavras, e pelo que foi dito na pergunta, ele, aparentemente, gosta dela. Será que não exigimos do outro algo que não é da personalidade...

Eu sou uma pessoa adepta da vida saudável para a manutenção da saúde física e mental. Sou vegetariana há 32 anos e, além de psicanalista, sou professora de Yôga. Sou contra medicamentos, mas concordo que, em situações de crise eles auxiliam na qualidade de vida. Porém, os remédios para a depressão e para outras patologias psíquicas, se necessários, devem ser usados em caráter temporário (salvo situações crônicas e específicas). Os medicamentos tratam as consequências, mas não as causas dos problemas. O tratamento com psicólogo e psiquiatra ou psicanalista são fundamentais, mas existe uma porção de fatores que podem melhorar um quadro depressivo, como por exemplo, a alimentação, atividade física, amizades e relacionamentos satisfatórios, projetos, planos e propósitos de vida, entre outros. O desequilíbrio químico do organismo pode ser causado pelas emoções, mas uma alimentação saudável e equilibrada pode ajudar muito, sem dúvida.

O que se pode cons...

Please reload

Destaques

Não consigo um emprego. Como lido com isso?

14/06/2018

1/4
Please reload

Arquivos
Please reload

Siga-me
  • Grey Facebook Icon
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now